< voltar

Dicas 'secretas' de como criar e-mails que so abertos, lidos e clicados.

A Usios lhe ensina como fazer um e-mail marketing passo a passo.

O e-mail uma ferramenta fcil, acessvel e de baixo custo.

Se voc trabalha com vendas provavelmente j sabe que o e-mail uma parte importantssima do relacionamento com o seu cliente. Mais que isso, uma ferramenta fundamental para fazer contato com quem ainda no cliente. Porm, voc j deve ter percebido que no to fcil incentivar as pessoas a abrirem, lerem e clicarem ou responderem o seu e-mail.

Para te ajudar a tirar o melhor proveito dessa ferramenta, a Usios vai lhe mostrar algumas dicas "secretas" de como fazer um e-mail marketing campeo para a rea comercial focada no B2B (Business to Business).

Dica 0: Por qu usar e-mail marketing?
Voc sabia que...
59% dos profissionais de marketing afirmam que e-mails so a melhor forma de gerar receita no mercado B2B. (Fonte: BtoB Magazine, 2017)
E-mails tem a maior taxa de converso (66%) se comparado com redes sociais, anncios e outros. (Fonte: DMA, 2015)
E-mail marketing tem um Retorno do Investimento (ROI) de 3.800%. A cada R$ 1,00 investido, h um retorno de R$ 38,00. (Fonte: DMA, 2018)
Funcionrios passam, em mdia, 13 horas de trabalho semanais checando suas caixas de entrada. (Fonte: McKinsey & Company, 2016)
92% dos usurios adultos usam emails, com 61% deles utilizando diariamente. (Fonte: Pew Research, 2016)

Dica 1: Construa uma boa lista de e-mails
Uma boa lista de e-mails um dos principais ativos de qualquer empresa, pois consiste em nada mais nada menos do que a formao da sua audincia. o pblico que est disposto a recebeu uma mensagem da sua empresa; que est lhe dando a oportunidade de ser ouvido(a). Entende a importncia disso?

Um erro clssico que voc NO pode cometer comprar uma lista de e-mail pois alm de jogar dinheiro fora, voc poder ser classificado como SPAM e pr toda sua estratgia (ou pior, sua marca) na lama.

Ao invs disso, comece do bsico: faa uma planilha contendo algumas informaes dos clientes como nome, endereo e-mail, empresa, segmento de atuao e cidade, por exemplo. Depois, o ideal seria segmentar estas listas baseado em ncleos de interesse (nichos) ou, como eu prefiro, no grau de relacionamento cliente-empresa. Para cada grau, sugere-se uma abordagem especfica. (Fonte: Miriam Bretzke, 2004).

Clientes provveis / Suspects: So pessoas (fsicas ou jurdicas) que, primeira vista, pode se interessar pelos nossos produtos ou servios.
Clientes potenciais / Prospects: o que se torna um prospect, a partir do momento que h o primeiro dilogo e ele demonstra interesse e tambm rene as condies mnimas (tanto em questo de maturidade quanto em questo financeira) para adquir-los.
Experimentadores: So clientes que, aps demonstrar interesse, fazem as primeiras compras dos nossos servios. Essa uma importante fase para fidelizao do mesmo, pois o momento em que o cliente est testando nossos produtos e formando sua opinio a respeito da nossa empresa ou marca.
Repetidores: Este cliente j fez as primeiras compras e conhece nossa marca. No entanto, ele ainda est suscetvel (corre o risco) de fazer outras cotaes e, por ventura, fechar com nossos concorrentes. Portanto, requer um cuidado e uma ateno especial visto que demonstra potencial para ser nosso consumidor fiel.
Advogados da marca / Fidelizados: Possuem grande abertura com a empresa. Suas indicaes normalmente podem resultar em vendas adicionais. uma excelente ideia fazer este cliente feliz e, tambm, investir em algumas cortesias ou mimos como forma de motiv-los a desempenhar este papel.

Dica 2: Planeje antes de agir
O que de um time de futebol sem o tcnico, no mesmo? Tanto no jogo quanto na vida real fundamental ter um objetivo e, acima de tudo, saber quando e como usar as armas que voc tem em mos. Por isso, a segunda dica mais importante que possamos lhe dar Planejar antes de Agir.

Coloque todas as informaes relevantes para sua estratgia de comunicao no papel:
Qual o tema eixo que pretende abordar aquele ms? - e isso no significa que voc s tenha que falar disso.
Qual os dois principais biotipos ou personas que vamos conversar? Segmente por no mnimo gnero e faixa etria. Exemplo: Homens jovens ou mulheres maduras.
Tenha em mente que nem todo mundo vai ter tempo de ler sua mensagem no mesmo momento, nem interesse em consumi-la sob a mesma forma ou embalagem. Portanto, monte um calendrio de disparo de diferentes mensagem que tratam de um mesmo assunto de duas ou trs formas diferentes e envie em dias/horrios diversos.
Oferea contedo e agregue valor. Pergunte-se: Por qu eu abriria, leria e clicaria no meu e-mail?
Acima de tudo, faa pr-testes. Pois s no achismo no ser possvel tirar nenhuma concluso estratgica para a tomada de deciso.

Dica 3: Escreva um ttulo matador
Se o e-mail fosse um livro, o assunto seria a capa. Ou seja, ele o responsvel por seduzir o leitor a clicar na sua mensagem. Sem um assunto atrativo, sua mensagem pode passar despercebida e colocar em risco todo o seu trabalho. Por isso, no menospreze-o nem por um segundo. Falando nisso, tente trabalhar uma frase de impacto que seja de fcil leitura, compreenso e que tenha entre 25 e 50 caracteres pois esta a mdia exibida por cada provedor.

Imagine se o assunto do email que enviasse para voc fosse: Novo artigo no Blog. Posso apostar que a taxa de abertura seria muito menor do que Dicas secretas para escrever e-mails que so abertos, lidos e clicados. Nesta hora, seja criativo e lembre-se: menos mais.

Dica 4: Seja pessoal e oferea um mimo
Simples assim: quando voc fala com uma pessoa, voc no a chama pelo nome? Ento por qu no e-mail teria de ser diferente?

Hoje, na era da informao, muito mais fcil voc fazer com que cada pessoa se sinta nica. E da vem a importncia da segmentao (Dica 2). No fique de enrolao, v direto ao ponto e, acima de tudo, oferea um brinde, um convite ou uma recompensa sem esperar NADA em troca por isso. Pense que desta forma voc j est recompensando o tempo que fez o internauta perder lhe dando ateno e lendo sua mensagem. Por isso, invista em contedo relevante.

Exemplos de boas recompensas: eBook com informaes do mercado, planilha de simulao de desconto, checklist ou teste que oferea um diagnstico, link para um site que contenha uma informao relevante ou at mesmo uma bonificao ou cdigo promocional.

No caso especfico deste ltimo tem, voc pode pedir algo simblico em troca como indicaes de prospects ou curtida da pgina da empresa em uma rede social por exemplo.

Dica 5: Utilize a fora estratgica do Call-To-Action
O e-mail marketing um meio, no um final. Por isso nem sempre uma boa ideia explicar tudo e dar todos os detalhes em uma mensagem. Em vez disso, prefira aguar a curiosidade do leitor. Explique quase tudo e no final oferea um nico boto ou link de destaque que ser a continuidade deste caminho de descobertas.

Dessa forma, alm de no desperdiar o tempo do leitor, possvel filtrar e saber exatamente quem mais se interessou por cada uma das suas mensagens e, de quebra, contribuir para que o pblico interaja ainda mais com a sua marca. Por isso esta ttica genial e especialmente estratgica.

Dica Extra: Consulte o seu publicitrio
Existe inmeras outras dicas que gostaramos de passar mas como no possvel aqui vai a principal delas: Consulte sempre seu publicitrio de confiana, pois ele o profissional perfeito para lhe ajudar a entender seu mercado, planejar estratgias e executar aes de marketing e de comunicao. E isso no vale s para empresas grandes no.

Para empresas de todos os portes e segmentos de atuao que necessitam de servios especializados, a Usios uma empresa jovem, especializada em solues de marketing estratgico para indstrias, comrcios e prestadores de servios. Oferecemos um time completo de solues para sua empresa vender mais e melhor.

A Usios existe para ajudar a sua empresa a ir mais longe.

Usios. Negcios locais, estratgicas Globais.